janeiro 23, 2010

O blog

Esse blog é, na verdade, resultado de um projeto ultra secreto que bolei sozinha com meus botões. Como ainda não passa de uma idéia besta e superficial que ninguém dá muito crédito, que é a de escrever um livro, resolvi colocar aqui de forma ultra despretensiosa as minhas impressões sobre os fatos que por algum motivo chamam a atenção. Será um exercício.

A prática da escrita, para o jornalista, não funciona como um ato solitário e isolado. A presença do leitor legitima essa ação. Então, na minha ingênua concepção, é difícil entender o fato de alguém escrever (ou pintar, ou cantar, ou dançar) para o seu próprio e exclusivo prazer.

- O que você faz?
- Ah, eu sou artista plástico.
- Puxa, onde posso ver seus trabalhos?
- Tá tudo guardado lá em casa, nunca mostrei pra ninguém.

Sei que o assunto vai longe, que existem muitas excessões e que não sou a melhor pessoa para aprofundar essa questão.

Um outro episódio interessante que aconteceu recentemente me motivou. Voltei de uma viagem para Buenos Aires e uma amiga que está na Europa pediu para que eu enviasse por email um resumo contando como havia sido. Na sequência, então, mandei o texto para várias pessoas que se interessaram pelo meu passeio. Quem leu se divertiu, foi a impressão que tive. Uma outra amiga disse que teve ataques histéricos de riso e que, em função do conteúdo sigiloso do material, não pôde compartilhar a alegria com os colegas de trabalho que desejavam ardentemente saber o motivo de tanta euforia.

A verdade é que achei divertido escrever sem muitas pretensões e ainda assim conseguir entreter (e controverter, é claro!).

4 comentários:

diwitt disse...

Yeaaahhh!!! Hauahuhauha! Great ;)

Lígia disse...

ë impressao minha ou eu sou a unica amiga que nao teve acesso a esse e-mail?

Laura H. disse...

vou te mandar. mas e proibido passar pra frente.

Val disse...

Boa ideia, Laura. hahaha